24 de fevereiro de 2013

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA: VIAGEM NO MUNDO DA LEITURA

ESCOLA MUNICIPAL JOSUÉ COSTA – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURAPROJETO DE LEITURA E ESCRITA: VIAGEM NO MUNDO DA LEITURA

Secretária M. de Educação e Cultura: Gilvanda Moreira de Carvalho
Secretária M. Adjunta de Educação e Cultura: Milene Aparecida Silva
Coordenadora do PNAIC e PIP: Maria Aparecida Carvalho Costa
Diretora/ Supervisora Pedagógica: Maria Terezinha da Silva
Professoras: Aparecida Martins de Castro
Marli da Fonseca Lara
Maria Cleusa Tavares Barbosa
Vilda Gonçalves de Oliveira

Viajar pela leitura sem rumo, sem intenção.
Só para viver a aventura que é ter um livro nas mãos.
É uma pena que só saiba disso quem gosta de ler.
Experimente!Assim sem compromisso, você vai me entender. Mergulhe de cabeça na imaginação!
 Clarice Pacheco

1. IDENTIFICAÇÃO
1.1 Título: VIAGEM NO MUNDO DA LEITURA
1.2 Equipe Responsável: Professores/ Coordenação Pedagógica/ Supervisor/Diretor
1.3 Período de Elaboração: Janeiro/2013
1.4 Período de Realização: Fevereiro  a Novembro /2013
1.5 PARCERIAS: D’Phascoal, SEMEC, Prefeitura Municipal, Biblioteca Antônio dos Reis de Souza, Comércio Local, Câmara de Vereadores de Lagoa Grande
1.6 PÚBLICO ALVO: Educação Infantil ao 5º ano

2. JUSTIFICATIVA
Sabe-se que um dos principais problemas na educação da atualidade é a dificuldade  que os educandos têm de ler e produzir textos. Essa é uma reclamação constante não só pelos  professores da disciplina Língua Portuguesa, mas de toda a categoria docente.  A leitura proficiente tem infinitas possibilidades. Ela começa pelos olhos, mas vai além  deles, pois necessita de um elemento fundamental para a compreensão, que é o conjunto de  conhecimentos prévios relacionados ao assunto do texto lido. Também faz parte desse processo  de compreensão, o tipo de linguagem utilizada no texto, que pode facilitar ou dificultar a  leitura. Se o leitor não domina o tipo de linguagem do texto, dificilmente vai chegar a uma  compreensão satisfatória porque os olhos se apoiam  no significado daquilo que vêem. Se o leitor não conseguir encontrar significação na linguagem, não vai conseguir fazer uma boa leitura, vai apenas decodificar os símbolos escritos, mas não vai chegar a uma compreensão  efetiva e o ato de ler se perde em sua essência.  Infelizmente, é a leitura de decodificação que tem  predominado entre a maioria dos  estudantes. Esse fato pode ser facilmente observado quando não conseguem alcançar o  significado de simples comandos de atividades corriqueiras de sala de aula, o que tem reflexo  também nas produções de suas respostas a questões sintático-semânticas, já que o ato de  escrever está sendo reduzido apenas às atividades de cópia, inclusive nos trabalhos de  pesquisa. Isso tem gerado uma verificação de um nível de aprendizagem insatisfatório.  Essa é uma realidade que deve ser combatida urgentemente, em favor de uma  educação de qualidade, que leve realmente o educando a construir conhecimentos críticos  sobre a realidade apresentada, e não só absorver informações dadas como verdades absolutas  e não passíveis de contestação.  Em outro nível, a questão da leitura não deve estar condicionada à ideia de que sua  fomentação está aliada somente à formação de alunos leitores. É necessário que todos estejam  envolvidos neste processo, pais e professores. Então, para este projeto, a tarefa principal é  promover essa motivação para a leitura e escrita nos estudantes a partir da disseminação do projeto entre as famílias e o educador, pois acredita-se que somente através do interesse da  comunidade escolar como um todo é que se pode alcançar um bom desempenho escolar em que as competências e habilidades de leitura e escrita se sobressaiam na busca do  conhecimento.

2. OBJETIVOS
ü  Oportunizar aos alunos o contato com uma infinidade de gêneros textuais que colaboram com o processo ensino-aprendizagem.
ü  Promover a alfabetização na idade certa por meio de atividades diferenciadas,
ü  Erradicar o analfabetismo, propiciando ao aluno a oportunidade de inserir no mundo da alfabetização e do letramento;
ü  Despertar o prazer da leitura e aguçar o potencial cognitivo e criativo do aluno;
ü  Promover o desenvolvimento do vocabulário, favorecendo a estabilização de formas ortográficas;
ü  Possibilitar o acesso aos diversos tipos de leitura na escola, buscando efetivar enquanto processo a leitura e a escrita.
ü  Estimular o desejo de novas leituras;
ü  Possibilitar a vivência de emoções, o exercício da fantasia  e da imaginação;
ü  Possibilitar produções orais, escritas e em outras linguagens;
ü  Proporcionar ao indivíduo através da leitura, a oportunidade de alargamento
ü     Provocar a curiosidade e consequentemente, o gosto e o hábito pela leitura.
ü  Desenvolver a linguagem oral;
ü   Ler, ainda que de forma não convencional;
ü  Fazer com que eles percebam que são capazes de contar, interpretar e reescrever o que foi lido e trabalhado.
ü  Descrever cenários e personagens;
ü  Incentivar o trabalho em equipe.
ü  Identificar títulos de histórias conhecidas;
ü  Identificar personagens das histórias contadas, marcas temporais presentes, letras e palavras conhecidas presentes nos títulos das histórias e nomes de personagens.
ü  Sistematizar situações-problema, a partir de contos, para as crianças refletirem criando alternativas de acordo com seus pensamentos;
ü  Identificar soluções de conflitos presentes nos contos;
ü   Buscar no mundo da fantasia possíveis soluções para os problemas de seu mundo real.
ü  Desenvolver o senso crítico e a criatividade.
ü  Expressar-se por meio de desenhos, pinturas e colagens;
ü  Produzir textos, tendo o professor como “escriba” ajustando o falado ao escrito, refletindo sobre o sistema de escrita alfabético, adequando o aluno a norma culta.

3. METODOLOGIA: PLANO DE AÇÃO
ü  Reunião com os professores (01/02/2013), para esclarecimentos sobre o projeto e pedido de  sugestões;
ü  Iniciar o dia da leitura na escola, através de algumas ações de motivação sobre  a importância da leitura. ( Confeccionar cartazes, suspense e motivação, apresentar o projeto),
ü  O cronograma para o dia de leitura é pré-definido pela equipe pedagógica e repassado aos alunos e professores, ocorrendo semanalmente.
ü  Os alunos  serão incentivados a trazerem material do seu interesse para leitura neste dia. Ao mesmo tempo, os professores poderão oferecer aos alunos, gêneros de leitura variados: poesia,  piada, contos, literatura infanto-juvenil, histórias em quadrinhos, artigos informativos,  etc e/ou dirigir a aula de leitura a um tema específico.
ü  Os alunos através do incentivo dos professores da disciplina de Português  participarão de um concurso de produções com o tema: “A Importância do Ato de Ler”,
ü  Serão também confeccionados pelos alunos, durante as aulas de Artes, ilustrações de frases para divulgar o projeto de leitura pelas dependências da Escola.
ü   A equipe pedagógica fará o acompanhamento, avaliação e reorganização se necessário, destes trabalhos.

4-SUGESTÕES DE TRABALHOS COMPLEMENTARES:

1-       Educação Infantil
ü  Desenho Livre,
ü  Reconto das Histórias,
ü  folhear livros,
ü  Contação de histórias,
ü   Interpretação de histórias a parte de História Muda,
ü  Murais,
ü  artes,
ü   Ouvir história em CD,
ü  História em DVD, etc.

2-     Primeiro ao Terceiro ano: Ciclo Inicial de Alfabetização
ü  Desenho Livre,
ü   Reconto das Histórias,
ü  folhear livros,
ü  Contação de histórias,
ü  Interpretação de histórias a parte de História Muda,
ü   Murais,
ü  Artes,
ü  Ouvir história em CD,
ü  História em DVD,
ü  Visita à Biblioteca,
ü   Reconto de histórias,
ü  Interpretação de Texto.
ü  Acróstico
ü  Representações artísticas como: Teatro, festival de música, poesia, paródia, cartaz, poemas ou texto publicitário; etc.
ü  Transformação das histórias  e textos explorados em diversos gêneros textuais como: História em quadrinhos, slogans, cartas, bilhetes, cartas de reclamação, propagandas,


3-     Quarto e Quinto ano: Ciclo Complementar de Alfabetização
ü  Seminários de leitura,
ü  Desenho Livre,
ü  Reconto das Histórias,
ü  Contação de histórias,
ü  Interpretação de Texto.
ü  Acróstico
ü  Interpretação de histórias a parte de História Muda,
ü  Murais,
ü  Artes,
ü  Ouvir história em CD,
ü  História em DVD, etc.
ü  Visitas periódicas à Biblioteca; 
ü  Leitura compartilhada com os alunos;
ü    Debate em sala sobre as obras lidas; 
ü   Recontar as histórias que mais se interessaram de forma oral e escrita; 
ü  Criar textos individuais e coletivos com descrição das personagens; 
ü  Realizar estudos individuais e coletivos dos dados contidos nas obras; 
ü  Promover recitais com premiação aos alunos participantes; 
ü  Produções textuais que possibilitem aos alunos criarem um final diferente para as histórias, desenvolvendo a criatividade; 
ü  Representações artísticas como: Teatro, festival de música, poesia, paródia, cartaz, poemas ou texto publicitário; 
ü   Contação de histórias.
ü  Fazer ficha de leitura, 
ü  Transformação das histórias  e textos explorados em diversos gêneros textuais como: História em quadrinhos, slogans, cartas, bilhetes, cartas de reclamação, propagandas,

5. HISTÓRIAS:
ü  A Galinha que sabia ler; (Doação: D’Phascoal)
ü  A Praça é de Graça (Doação: D’Phascoal)
ü  Muito mais que um jardim (Doação: D’Phascoal)
ü  Hoje é dia de Teatro (Doação: D’Phascoal)
ü  O que há de bom... (Doação: D’Phascoal)
ü  O Rei dos canudinhos (Doação: D’Phascoal)
ü  Zeca, o dono dos direitos (Doação: D’Phascoal)
ü  As estradas de couro: Uma história sobre simplicidade (Doação: D’Phascoal)
ü  O duelo de fadas (Doação: D’Phascoal)
ü  A semente da verdade (Doação: D’Phascoal)
ü  Livros: Clássicos da Literatura
ü  Livros/ textos: Folclore ( Mês de Agosto)
ü  Gibis ( SEMEC)

6- DATAS COMEMORATIVAS SOBRE LEITURA

MARÇO
12 de março - Dia do Bibliotecário
14 de março - Dia Nacional da Poesia
15 de março - Dia da Escola
20 de março - Dia do Contador de História
21 de março - Dia Internacional da Poesia

ABRIL
07 de abril - Dia do Jornalista
15- Dia Mundial do desenhista
18 de abril - Dia Nacional do Livro Infantil e Dia de Monteiro Lobato
23 de abril - Dia Internacional do Livro e Dia dos Direitos de Autor

JUNHO E JULHO
10 de junho - Dia da Língua Portuguesa
25 de julho - Dia Nacional do Escritor

AGOSTO
22 de Agosto – Dia do Folclore

OUTUBRO
12 de outubro - Dia Nacional da Leitura
20 de outubro – Dia do Poeta
22 de novembro – Dia Internacional do Livro
23 a 29 de outubro – Semana Nacional do Livro e da Biblioteca
27 de outubro- Dia Internacional da Biblioteca Escolar
29 de outubro – Dia Nacional do Livro
29 de outubro - Dia Nacional do Livro

NOVEMBRO
22 de novembro – Dia Internacional do Livro

DEZEMBRO
8 de dezembro – Dia do Cronista
OBS: Trabalhar outras datas comemorativas no decorrer do ano

7. RECURSOS
ü  Recursos humanos: disponibilizaremos para a realização do plano de ação a participação ativa dos alunos, da colaboração da direção e de toda  a equipe pedagógica e professores que executarão o Projeto no decorrer do ano de 2013.
ü  Recursos materiais: Livros doados pela D’Phascoal, textos diversos, gibis, livros, revistas, jornais, periódicos, cartolina, papel sulfite, pincel atômico, etc..

8-Avaliação/ Resultados:

           O projeto será desenvolvido por todas as disciplinas, durante o ano letivo. Cabe a cada professor avaliar continuamente a melhoria do desempenho do aluno na leitura, interpretação e produção escrita.
          A avaliação é um processo formativo e contínuo. É imprescindível enxergar com novos olhos o universo mágico e encantador dos livros em sala de aula e, consequentemente, entendendo-se aí toda a prática cotidiana do aluno.
A avaliação dos alunos durante o Projeto acontecerá mediante observação de alguns aspectos: interatividade, participação compartilhada, trabalho em equipe e o desenvolvimento dos alunos em relação aos avanços do uso da linguagem oral e escrita. Em situações de leitura, espera-se que o aluno seja capaz de ler, com ajuda, contos, identificando e interpretando as informações do texto. Reconhecer elementos próprios à organização dos textos, suportes e a correspondência com imagem. Observar o desenvolvimento dos alunos em todas as atividades propostas de acordo com os objetivos.

9. CRONOGRAMA
O Projeto de Leitura acontecerá de Fevereiro  a novembro de 2013, sendo 2 aulas   de leitura semanais, sempre intercalada para que não seja interferido nas disciplinas, bem  como em seus conteúdos. O concurso de Desenho, Frase e Produção de Texto acontecerá no mês de Novembro durante as aulas, e os  melhores trabalhos serão premiados.
“Dupla delícia. O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado."
Mário Quintana

Nenhum comentário:

Follow by Email

Pesquisar este blog